LIBERDADE DE OPINIÃO

O objetivo desse blog não é criticar negativamente as crenças e conceitos de outrem. É um exercício de reflexão com o mais puro sentimento de liberdade e de amor ao próximo. São textos de um mero estudante descobrindo o universo que vivenciamos.



segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

PROFECIAS


Não devemos desconsiderar a sabedoria da antiguidade, principalmente ao que se refere ao comportamento humano. Eles nos remetem a algumas análises e modos de vidas de bom grado para o convívio humano.

Sem desmerecer os Profetas do passado, bem como, sabendo que alguns deles tinham qualidades extraordinárias para prever acontecimentos, devido as suas “harmonizações com o Deus de seus corações”, mas é sabido que de certa forma um impacto de um comentário ou um estudo de algum deles quanto a determinados fatos que poderiam ocorrer estava diretamente relacionado a um receptor que por vezes não tinha o conhecimento necessário para analisar o teor de seus comentários. Por outro lado, ainda, o impacto era sempre maior quando o fato incorrido era relacionado à entidade ou pessoas, isso em qualidade e/ou quantidade, de grande importância num contexto social.

Como prática milenar, desvendar segredos é também uma característica nata do ser humano que ao nascer já sente a necessidade de proteção e acreditar em algo superior, na maioria das vezes, inicialmente representado pela relação com os pais. A inquietude em descobrir os mistérios da vida, mesmo para o mais profano dos homens é tentador e nos leva a cenários épicos que podemos considerar distantes dos conhecimentos atuais, inclusive, nas duas pontas desses conhecimentos, atrasados ou avançados.

Dentro de uma linha de comportamento humano, é sabido que podemos prever certos acontecimentos, salvo quando há situações de riscos não percebidas. Para um profano, com sua natural , ao receber informações ditas importantes, suas reflexões e ações são baseadas em sua cultura e com base no modo de vida daquela sociedade em que convive, seja atual ou antiga.

Hoje, temos que ter muito cuidado em julgar certas profecias, devem ser entendidas de forma serena, ou seja, buscando enxergá-las a luz da sabedoria antiga, mas também, na síntese científica atual que decompõe uma a uma.

Alguns desses fatos, principalmente, aqueles relacionados à natureza é de certa forma explicável, já que o próprio homem é responsável pelas ações de degradação do meio em que vive, fazendo que a natureza busque a sua regeneração. Isso implica em catástrofes aparentemente inexplicáveis, além da própria “metamorfose terrena”, se assim simbolicamente posso dizer, mas que a ciência já dá como certa devido à intervenção maléfica do ser humano.

Outro fator importante, é que da antiguidade até poucas décadas atrás, a informação não tinha uma velocidade tão grande. Algo que ocorria na China dificilmente chegaria rapidamente ao continente sul africano ou sul americano. Hoje com a tecnologia da informação temos notícias on-line, full time etc e tal. Mas, o suprassumo disso é que havia ocorrências tantas quanto hoje, talvez, com menos vítimas, já que a população atual é maior e consequentemente atinge mais pessoas.

Diante do exposto, acredito que não devemos ser supersticiosos e está achando que algo de ruim irá acontecer porque fulano ou beltrano falou ou escreveu. Devemos nos colocar em harmonização com as coisas positivas da vida, buscando a sustentabilidade do planeta e a paz da humanidade, não simplesmente achando que isso é um ato só para outras pessoas fazerem, no entanto, essa ação começa por cada um de nós. Faça sua parte que certamente será inspiradora e motivadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário