LIBERDADE DE OPINIÃO

O objetivo desse blog não é criticar negativamente as crenças e conceitos de outrem. É um exercício de reflexão com o mais puro sentimento de liberdade e de amor ao próximo. São textos de um mero estudante descobrindo o universo que vivenciamos.



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

SE NÃO EXISTISSE A BÍBLIA?

Uma mera reflexão pessoal! Se não existisse a Bíblia como seria a história das religiões? Mesmo sabendo que ela não é o livro dito “sagrado” mais antigo, qual a sua importância para o mundo, principalmente o lado ocidental? De que forma seria a compreensão de Deus sem a influência dela? A busca nata por algo superior proporcionaria novos paradoxos? As pessoas viveriam normalmente? Qual seria a visão do universo sem ela? Me pergunto... Não nos limitamos quando fomos induzidos a acreditar só naquilo que está escrito ali? Seu conteúdo não foi mal interpretado? As leis de Deus encontraríamos dentro de nós?

E se não existisse a Bíblia?...

Fernando Monteiro, 04 de outubro de 2010.

2 comentários:

  1. Se nos basearmos no Gita, um estranho texto onde a sexualidade não implica em Culpa, e onde o Avatar da Divindade, como o Cristo é visto no Ocidente, não morre em uma cruz mas é um hábil e vitorioso guerreiro, talvez, apenas talvez,tivéssemos mais espiritualistas felizes em vez de espiritualistas tristes e deprimidos por uma culpa que provavelmente não tem mas a qual foram induzidos a pensar que tem, qual seja, a Culpa de serem apenas humanos.
    É isso.
    Grande Abraço

    M

    ResponderExcluir
  2. Acredito que antes de querer interpretar o que está escrito na Bíblia, deveríamos fazer um estudo mais aprofundado sobre o modo de vida e de pensar das pessoas naquela época.
    Certamente entenderíamos o fiel significado das palavras ali contidas, e não haveria a necessidade de sermos "induzidos" como o NOBRE FRATER colocou. Acreditaríamos na verdade exibida, pois seria a expressão do real.
    Deixo a porta aberta para réplica a quem queira opinar.
    PAX

    ResponderExcluir