LIBERDADE DE OPINIÃO

O objetivo desse blog não é criticar negativamente as crenças e conceitos de outrem. É um exercício de reflexão com o mais puro sentimento de liberdade e de amor ao próximo. São textos de um mero estudante descobrindo o universo que vivenciamos.



domingo, 5 de setembro de 2010

A MAÇONARIA SIMBÓLICA - Parte I

Ao longo das eras o símbolo é utilizado para expressar sinteticamente um conceito, além de velar certos conhecimentos. Podem ser naturais ou artificiais, desde as culturas mais primitivas até a atual eles são utilizados, por exemplo, a cruz atrelada à religião cristã, bem como o logotipo de um marca de refrigerante.

A maçonaria no mundo tem seus símbolos próprios e esses são utilizados para repassar , aos iniciados da ordem, conceitos que ao longo da sua história foram sendo guardados e proporcionando que  o conhecimento adquirido permanecesse em sua essência. O modo como seu simbolismo pode aparecer é através de sinal, signo ou símbolo propriamente dito. O modo como ele é observado é de associação, correspondência ou sugestão, permitindo de forma complementar o desenvolvimento moral do ser humano.

Uma razão para utilização do simbolismo era perseguição sectária que ela sofria, sendo associada a conceitos diabólicos, isto completamente ao contrário de sua finalidade original. A maçonaria em sua essência sempre apoiou o desenvolvimento humano, a paz mundial e a liberdade. Todo seu trabalho verdadeiro sempre foi feito em silêncio, pois não é um só maçom que faz, são os maçons, porque são fraternos em entendimento. 

Pois bem, o silêncio faz parte do simbolismo maçônico, pois é através dele que escutamos o nosso mestre interior, ou seja, a voz de nosso coração.

Fernando Monteiro, 05 de setembro de 2010.

Um comentário:

  1. Os símbolos, meu caro Fernando, realmente são uma linguagem diferenciada e fundamental.Não fossem as letras símbolos também. Símbolos compostos, aqueles que são formados de outros símbolos menores, nem sempre são felizes nesta combinação.Como no caso dos painéis de loja que oferecem várias informações, mas não tem a sinergia da estrela de Salomão, onde dois pequenos triângulos falam de modo brilhantemente sintético, da união do Céu e da Terra, ou da Cruz, simples onde duas linhas simples de comprimentos diferentes vem nos simbolizar a manifestação do ponto de intersecção. Me diga depois qual seu grau na maçonaria pois eu tenho um trabalho sobre o simbolismo do grau 4, que lhe ofereço fraternalmente se vc já estiver habilitado a estudá-lo. TFP. M

    ResponderExcluir